Quarta-feira, 20 de Fevereiro de 2008

Trilho do Parque Municipal

No passado dia 13 de Fevereiro, a convite da Drª Rosa Pinho, bióloga da Universidade de Aveiro, a nossa turma deslocou-se durante a aula de Área de Projecto ao Parque Infante D. Pedro - Parque municipal.

O objectivo desta visita foi realizar um trilho pelo parque, ficando a conhecer melhor tanto os seus aspectos naturais como o seu contexto histórico.

Primeiro fizeram-nos uma "visita guiada" ao parque, explicando as coisas essenciais, que nos permitiriam posteriormente responder às perguntas.

Seguidamente dividimo-nos em grupos e começámos o trilho; todos os grupos se separaram e começaram a andar pelo parque, procurando encontrar respostas para as perguntas que se econtravam nos panfletos distribuidos no inicio do percurso.

 

Foi uma aula de Área de Projecto diferente, e achamos que foi uma experiência engraçada para toda a turma.

 

 

 

 

 

tags:
publicado por madeinaveiro às 10:28
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 16 de Fevereiro de 2008

Visita ao Herbário da Universidade de Aveiro e à Exposição: Áreas Protegidas de Portugal

No dia 24 de Janeiro de 2008 pelas 10h deslocamo-nos ao Herbário do Departamento de Biologia da Universidade de Aveiro.
Fomos recebidos pela Drª Rosa Pinho, responsável pelo Herbário. Visitamos as salas de montagem, secagem e desinfecção das plantas, a sala da colecção, com cerca de 12 mil originais e 50 mil duplicados de plantas secas. Por fim, visitamos a sala de exposições, onde estava patente uma exposição fotográfica sobre Áreas Protegidas de Portugal.
Foi-nos informado que Aveiro está mal fornecido em termos de espaços verdes, e os que existem não estão devidamente valorizados.
O herbário em questão existe desde 1977, cujo objectivo inicial era recolher a flora da região de Aveiro, objectivo que foi alargado a outras regiões do país.
Podemos muitas vezes encontrar nos herbários plantas que já são raras na natureza ou mesmo extintas. A partir de material de herbário pode ser possível em alguns casos repor essas plantas na natureza.
As plantas foram desde sempre muito utilizadas nos tratamentos de muitas doenças, o ácido salicílico por exemplo é um dos constituintes da Aspirina e foi descoberto na casca do salgueiro, cujo nome científico do género é Salix.
 A mesma planta pode ter efeitos positivos ou negativos na mesma doença pelo que são muito importantes as quantidades utilizadas.
 
Alguns projectos em que o herbário participa:
 
Estudos de impacte ambiental (EIA)
 
- construção de parques eólicos
- construção de uma marina na Barra (Aveiro)
- construções de parques empresariais
- construções de diques em zonas húmidas
- dragagens na Ria de Aveiro
- etc
 
O objectivo é avaliar quais os impactes que estas construções vão ter na flora existente no local de implantação.
 
Monitorizações ambientais
 
- são feitas na sequência de uma Avaliação de Impacte Ambiental (AIA) de um EIA. É feito um estudo da área onde vai ocorrer o projecto X, antes, durante e depois das obras e são avaliados os seus efeitos na flora local, sugerindo medidas de minimização dos impactes. Neste momento o Herbário está envolvido na Monitorização da flora e vegetação do Baixo Vouga Lagunar.
 
Planos de Ordenamento do Território
 
- o herbário já participou nos planos de ordenamento das seguintes áreas protegidas: Parque Natural do Alvão, Reserva Natural do Estuário do Tejo, Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, Parque Natural do Litoral Norte.
 
A exposição fotográfica que visitamos foi obtida a partir de imagens recolhidas no campo na altura em que foram realizados estes Planos de Ordenamento. São fotografias de plantas e habitats naturaisdo Parque Natural do Alvão, a menor área protegida de Portugal continental e do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, a maior área protegida de Portugal.
 
 
O Herbário também participou no Projecto SIG Parque de Serralves, onde foram identificadas cerca de 4000 espécies de árvores e arbustos, passando todo o material produzido, textos e imagens das espécies, para uma base de dados consultável no site da Fundação de Serralves
 
Neste momento participa no Projecto de Requalificação da Mata Nacional do Buçaco.
 
A equipa do Herbário também trabalha a componente “Educação Ambiental”, nomeadamente na “Semana da Ciência”, na actividades da “Biologia no Verão” ou nos trilhos que realiza em parques urbanos, como o Parque Infante D. Pedro em Aveiro e o Parque do Fontelo em Viseu.
 
 
O que é e como é feito um herbário:
 
Um herbário  reúne conjuntos de espécimes vegetais, secos e prensados, fixos em folhas de cartolina, devidamente identificados, catalogados e dispostos segundo a classificação botânica. É uma colecção dinâmica de plantas secas de onde se está constantemente a extrair, utilizar e adicionar informação sobre cada uma das espécies conhecidas, e sobre novas espécies vegetais.
Um herbário é considerado o detentor das informações sobre a flora de um país ou região, a que foi extinta e a actual, representando um recurso de enorme valor, já que cada planta tem uma importância fundamental nos organismos vivos, nos diferentes ecossistemas.
 
As etapas para elaboração de um herbário são as seguintes: Colheita, etiquetagem numérica (colocar uma etiqueta em cada exemplar colhido com o número de colheita), registo de todas as informações da colheita no livro de campo, secagem, montagem das plantas em cartolinas brancas, etiquetagem definitiva, desinfecção, introdução das plantas montadas na colecção. Ver mais em http://www.biorede.pt/index2.htm
 
 
publicado por madeinaveiro às 11:31
link do post | comentar | favorito
|

{visitas

{Participa!


Get your own Poll!

{mais sobre nós


{ ver perfil

{ adicionar como amigos

. 10 seguidores

{pesquisar

{Maio 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31

{posts recentes

{ Ponto de situação:

{ Um dia no Parque!

{ 11 de Maio, no Parque Inf...

{ Dinamizar o Parque por um...

{ Video de apresentação

{ Regresso às Cidades Criat...

{ Avaliação de AP do 2º Per...

{ AUTO AVALIAÇÃO

{ Visita à SIMRIA...

{ Trilho do Parque Municipa...

{arquivos

{ Maio 2008

{ Abril 2008

{ Março 2008

{ Fevereiro 2008

{ Janeiro 2008

{ Dezembro 2007

{ Novembro 2007

{ Outubro 2007

{tags

{ todas as tags

{links

{pesquisar

blogs SAPO

{subscrever feeds